Chris Cole vence o Street League Super Crown

Veja as principais manobras da Super Crown, etapa que encerrou o circuito 2013 da Street League of Skateboarding

Skatistas e simpatizantes ao redor do globo reservaram duas horas deste domingo, dia 25, para acompanhar a grande final do Street League 2013.

Os oito melhores skatistas da Liga em 2013 entraram no Prudential Center em Newark, New Jersey, pela briga do título do Street League Super Crown 2013 e pela premiação recorde do skate mundial. O campeão leva 200 mil dólares, um relógio feito a mão com diversas pedras preciosas e o anel de brilhantes feito especialmente para a ocasião.

Como de costume, a competição começou com a Flow Section, momento em que o skatista tem duas voltas de apresentação de 45 segundos, valendo apenas a melhor. Mike Taylor não foi bem em sua primeira apresentação e nem teve chance de fazer sua segunda volta, sendo o primeiro skatista a deixar a competição.

Shigueo/Street League

Luan foi um dos poucos skatistas que conseguiu andar neste quarter gigante

Nesta fase inicial, o brasileiro Luan Oliveira mais uma vez se destacou, mas foi Paul Rodriguez que conquistou a maior nota, 9.0.

Dando sequência a competição, foi a vez da Control Section. Quatro tentativas de manobras pela área, valendo apenas a melhor. Destaque para o frontside bluntslide backside flip out no corrimão executado com perfeição por Chris Cole, valendo 9.1, e o backside over crooked nollie flip out de Sean Malto, melhor nota na fase, 9.2. O skatista que se despediu da competição na Control Section foi Torey Pudwill.

"Eu me sinto abençoado só de estar aqui participando desta final" disse PRod em entrevista no intervalo da competição, mostrando o peso da disputa.

Finalmente chegou o momento decisivo do Street League Super Crown 2013. A Impact Section é a hora da verdade. Seis tentativas, valendo apenas as três melhores. O maior campeão da competição, Nyjah Huston começou lançando o seu nollie backside heelflip to backside boardslide no corrimão, manobra que geralmente ele deixa para ser uma de suas últimas na Impact Section. Deu indícios que viria manobras mais pesadas pela frente. E veio. Backside 270 to frontside nosebluntslide e um backside flip hurricane, ambas no corrimão. Mas não foi só de Nyjah que vieram as melhores manobras da fase. Chris Cole e Luan Oliveira lançaram suas bombas na área.

Shigueo/Street League

Nyjah Huston Flip Bs Tailslide. Esta no foi o dia de Nyjah

Desta vez, até o corrimão o brasileiro utilizou, acertando um perfeito switch 270 boardslide, além das três manobras que completou na borda descendo: switch tailslide 270 out, nollie flip noseslide e um complicado nollie hardflip noseslide, por pouco não completou seu heelflip varial crooked. Se tivesse acertado, poderia ter sido a manobra do título, mas o terceiro lugar nesta final é uma grande conquista, além de mostrar um amadurecimento de Luan em sua estratégia no jogo.

Mas quem roubou a cena foi Chris Cole. Skatista da Pennsylvania, estado próximo de New Jersey permitiu que Cole tivesse o apoio de seus familiares nesta importante final. E o apoio extra nesta competição deve ter ajudado, já que Cole teve o melhor aproveitamento em todas as fases, deixando o melhor para a Impact Section. Começou na atacando a borda com um impensável frontside halfcab to frontside bluntslide seguido de um 360 flip fifty. Depois foi a vez de castigar o corrimão com um flip backside nosebluntslide e o backside 270 to nosebluntslide, manobras que o colocaram no topo da competição.

Igual a etapa da Alemanha, nos X Games Munich, Cole deixou toda a pressão em cima de Paul Rodriguez, único competidor que poderia tirar o título de suas mãos. Felizmente (para Cole), PRod não conseguiu completar seu treinado switch flip backside tailslide na borda, confirmando o inédito título a Chris Cole.

"Você tem que acreditar que vai acontecer para acontecer." - disse Cole após a confirmação da conquista do título do Street League Super Crown 2013.

Com a vitória Chris Cole entra para o seleto grupo de campeões do Street League Super Crown, se juntando a Sean Malto (campeão em 2011) e Nyjah Huston (campeão em 2010 e 2012).

CLIQUE AQUI e assista os melhores momentos do brasileiro, Luan Oliveira e AQUI você pode ver o que Chris Cole aprontou nesta final.

Street League Skateboarding - Super Crown

Col Skatista Flow Control Impact Total
Chris Cole 8.7 9.1 35.0 52.8
Nyjah Huston 8.2 8.7 35.5 52.4
Luan Oliveira 8.2 8.6 32.5 49.3
Paul Rodriguez 9.0 8.7 27.1 44.8
Sean Malto 8.5 9.2 17.8 35.5
Shane O/Neill 8.0 8.5 8.3 24.8
Torey Pudwill 5.7 8.1 13.8
Mikey Taylor 4.6 4.6

Street League Super Crown